PGB na mídia

A Pesquisa Game Brasil 2019, realizada pela Blend New Research e pela Sioux, foi revelada, traçando o perfil do jogador brasileiro. De acordo com os dados obtidos com 5.110 pessoas entrevistadas no Brasil em 26 estados e no Distrito Federal e no México, Argentina, Chile e Colômbia, 66,4% da população brasileira joga games eletrônicos.

Deste total de jogadores, 61,9% está na faixa de idade entre 25 e 54 anos. De acordo com Lucas Pestalozzi, presidente da Blend New Research, isso “contraria o senso comum de que os gamers são adolescentes. Isso faz sentido com a evolução da indústria e comércio nacional de jogos digitais, presente de modo significativo no país desde o início dos anos 1980”.

Quanto à plataforma mais comum, os brasileiros têm o smartphone em primeiro lugar com 83%, consoles com 48,5% e PC (voltado para jogar) com 42,6%. Em termos de plataforma preferida para jogos, os smartphones têm 45,3%, os consoles têm 26,5% e os computadores têm 12,8%.

Conforme visto, os dispositivos mobile são destaque. 83% da população usa o celular para jogar games. Entre os motivos para isto está a possibilidade de jogar em qualquer lugar (31,4%), a praticidade do aparelho (31,0%), tê-lo sempre à mão (30,6%), ser acessível (21,8%) e mais fácil (16,9%).

Consoles e PC

Entre os jogadores que preferem os consoles, os motivos que os levam a gostar dela são: gráficos/imagens (35,3%), maior controle (29,8%), mais prático (25,4%) e não trava (18,2%). Quanto aos jogadores que preferem o PC, há uma exigência similar pelos gráficos dos games (26%). O segundo ponto considerado é a praticidade (24,2%) controle (20,4%) e liberdade (18,6%).

____________________________________________
Leia a notícia completa da IGB aqui

Insights relacionados